Bio

Minha foto
Apaixonada por esportes desde a infância, Laura Pigossi iniciou os passos no tênis ao seis anos de idade por influência do irmão. Aos 13 anos, a paulistana disputou o primeiro torneio já na principal categoria do circuito juvenil. Dona de um estilo agressivo e versátil, Laura chegou a ser número 18 do ranking ITF ao conquistar nove títulos em duplas e um em simples. É a terceira melhor duplista brasileira da atualidade e está próxima de figurar entre as 150 melhores do mundo. Em simples, teve como destaque em 2014 o título no ITF de Campos do Jordão, o segundo na modalidade ao longo da carreira. Representando o Brasil na Fed Cup, Laura fez parte do time que voltou a disputar os Play-offs do Grupo Mundial em abril.

sábado, 2 de maio de 2015

Fim da linha em Charlottesville

De volta ao Brasil com meu treinador Renato Messias
Infelizmente dessa vez não deu. Me despedi do ITF US$ 50 mil de Charlottesville e sigo de volta para o Brasil para me recuperar de uma lesão na coxa.

Senti o desgaste após várias partidas seguidas desde a semana passada em Guadalajara, onde conquistei o título de duplas, e por isso optei por não disputar o ITF US$ 15 mil de Obregon na próxima semana.

Na rodada final do qualifying de simples em Charlottesville, fui superada pela sérvia Vojislava Lukic por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2. Eu ainda esperei até a manhã da última quarta-feira como a primeira lucky-loser, porém nenhuma jogadora desistiu da primeira rodada.

Nas duplas, minha parceira australiana Storm Sanders e eu fomos derrotadas pela gaúcha Gabriela Cé e a também australiana Jessica Moore por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/4.

Ao lado do meu técnico Renato Messias embarco para São Paulo e, nos próximos dias, faremos um trabalho de recuperação. Pretendo treinar até a segunda quinzena de maio, quando embarco para disputar uma série de oito semanas na Europa.

Valeu, gente!
Beijos,

Laura

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Do México para os Estados Unidos

Estreia com vitória em simples em Charlottesville
Oi pessoal!

Do México para os Estados Unidos. A conquista do ITF US$ 15 mil de Guadalajara nas duplas me embalou na chave de simples aqui em Charlottesville. Comecei muito bem a disputa do qualifying do torneio que distribui US$ 50 mil ao passar pela local Lindsay Lee-Waters por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/5.

Lee-Waters tem 37 anos e já foi número 43 do ranking da WTA em 1996, além de ter vencido em Charlottesville há seis anos.

Pela segunda rodada do quali, enfrento nesta segunda-feira a russa Nika Kukharchuk. Preciso de três vitórias para avançar à chave principal do torneio disputado em quadras de saibro.

Outra boa notícia é que no ranking da WTA desta segunda-feira, subi em simples, ocupando a 386a posição. Nas duplas, hoje sou a número 3 do País e a número 225 do mundo.

Nem preciso dizer o quanto estou feliz, né?

Beijos,
Laura

sábado, 25 de abril de 2015

Momentos especiais em Guadalajara

Para comemorar a retomada da minha parceria com a Marcela Zacarias e o 11º título de duplas na minha carreira deixo aqui para vocês algumas fotos da nossa vitória no Jalisco Open, em Guadalajara.

Nossa história é antiga. Somos parceiras de duplas desde a época do juvenil e, juntas, já compartilhamos duras derrotas e grandes vitórias como esta de hoje. Além da parceria, dividimos também uma amizade sincera e de muito repeito. Obrigada por tudo, Mace!

Quero agradecer também à toda minha equipe que não mede esforços para que eu alcance meus objetivos e resultados, especialmente ao meu treinador Renato Messias que, além de me acompanhar por aí, ainda tem que me aguentar! Hahaha!


Brincadeiras à parte, aqui estão alguns dos momentos especiais dessa emocionante final no México:













Imagens: Arquivo pessoal e divulgação Jalisco Open

Jalisco Open 2015: o 11º título de duplas na minha carreira

Campeãs!!!
Uma final emocionante! Assim minha parceira Marcela Zacarias e eu fomos campeãs na chave de duplas do ITF US$ 15 mil de Guadalajara, torneio disputado em quadras rápidas. Derrotamos a parceria formada pela Maria Fernanda Alves e a mexicana Renata Zarazua por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1 em pouco mais de 1h de jogo.

Estou muito feliz com esse título, o 11º de duplas na minha carreira. Conseguimos jogar muito bem e dominamos a partida todo o tempo. Marcela e eu voltamos a jogar após vários anos e pensamos em reeditar a parceria no futuro. Foi muito bom! Nós nos damos muito bem e temos uma energia muito boa. Isso ajuda bastante na dupla.

O troféu em Guadalajara é o meu primeiro na temporada 2015, após dois vice-campeonatos em São José dos Campos e Petit-Bourg. Atualmente ocupo a posição de número 224 no ranking WTA e, com o título no Jalisco Open, devo subir cerca de 15 posições.

Meu técnico Renato Messias e eu não temos muito tempo para comemorar e já neste sábado embarcamos para os Estados Unidos, onde disputo o ITF US$ 50 mil de Charlottesville, no estado de Virgínia. Estou muito feliz com essa semana no México e creio que o título vai me dar embalo para as próximas. Estou muito confiante no meu jogo.

Nos Estados Unidos vou disputar o qualifying em simples, mas entro direto na chave principal de duplas. Após esse torneio, jogo o ITF US$ 15 mil de Obregon, no México.

Super obrigada pelo carinho, pelo apoio e pela torcida de todos vocês! Vamos em frente pois a temporada ainda nos reserva muitas boas surpresas como esta!

Beijos,

Laura

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Mais uma final na temporada

Vamos com tudo em busca desse trofeu!
É mais uma final na temporada, agora com a minha parceira Marcela Zacarias aqui em Guadalajara.

Batemos na semifinal a dupla Grajdek (GER) e Rodriguez (MEX) por 4x6, 6x3 e 10x8. Na decisão, vamos enfrentar hoje às 22h (horário de Brasília) a Nanda Alves e a mexicana Renata Zarazua, minha algoz aqui em simples.

Estou jogando bem, venho trabalhando muito forte e sinto que estou preparada para erguer esse troféu.

Muito obrigada pelas mensagens. Hoje é tudo nosso!